Arraial d’Ajuda

Cosmopolita, rusticamente charmosa e repleta de belezas naturais, esta vila, que mais parece uma pequena cidade (peculiar e totalmente diferente do município a qual pertence, Porto Seguro) é destino obrigatório para quem quer fazer uma viagem de pura diversão!

A Estrada do Mucugê (ou Rua do Mucugê) é o retrato deste especial cantinho do Brasil. Muita cor, os mais originais artesanatos, cozinha variada típica e internacional, bares transadíssimos, galerias (como Beco das Cores), shoppingzinhos, verde e, ao seu término… Exuberantes praias de águas mornas e transparentes, emolduradas por falésias e coqueirais. Separada de Porto Seguro pelas águas do rio Buranhém, Arraial foi, por muitos anos, acessível apenas através de travessias de balsa. Hoje, uma estrada de asfalto liga a vila ao restante do mundo. Apesar da facilidade, pouca coisa mudou por lá – e o que mudou foi para melhor: o charme que começava a ser perdido em fins dos anos 90 foi recuperado com as melhorias na rua do Mucugê, que ganhou calçamento e muitos bares, restaurantes e lojas de bom gosto. O fuso-horário continua o mesmo: o comércio só funciona no final da tarde e a noite só esquenta depois da uma da manhã.

No quesito praias, o charme continua intocado na Pitinga, mais afastada do centrinho, com bares, pousadas e barracas respeitando o estilo rústico e tropical da vila. Já na praia do Parracho, o burburinho só faz aumentar a cada verão. Para quem quer sossego absoluto, o destino é Taípe, a praia mais selvagem de Arraial, na metade do caminho para Trancoso. Emoldurada por gigantescas falésias coloridas que chegam a 45 metros de altura, tem trechos desertos e mar de ondas fortes – mas que forma deliciosas piscinas na maré baixa.

 

Descubra a hospedagem perfeita para você em Arraial d’Ajuda