Bariloche

Localizada nos Andes Patagônicos, a 1.500 quilômetros de Buenos Aires, San Carlos de Bariloche fica dentro do Parque Nacional Nahuel Huapi e é um dos destinos preferidos tanto entre os praticantes de esqui como entre aqueles que se satisfazem em apenas admirar de perto os campos nevados.

No inverno, a paisagem se pinta de branco e as baixas temperaturas, que chegam a atingir alguns pontos abaixo de zero, são uma agradável desculpa para a prática de esportes radicais ou apenas para um encontro entre amigos em alguma cafeteria do simpático Centro Cívico.

Opções também não faltam fora do inverno. Trekkings por bosques de “arrayanes”, curiosas árvores que chegam a ter mais de 15 metros de altura e troncos grossos revestidos com uma casca fria de cor acanelada e manchas brancas; tranquilos raftings pelas águas esverdeadas do Rio Manso ou até kitesurfing no lago Nahuel Huapi são algumas das atividades para se fazer em outras épocas do ano.

Para repor as energias, o visitante tem à disposição uma gastronomia local que, entre pratos argentinos e outros trazidos da Europa, recebe carnes de diferentes cortes e procedências, como as de cervo e coelho; pratos preparados com ingredientes trazidos de águas patagônicas, como trutas e salmões; fondues com sotaque suíço e uma infinidade de tortas e chocolates. Tudo isso regado a vinhos respeitáveis com preços acessíveis.

Informações Úteis

Documentação: Para a entrada na Argentina, não é exigido passaporte _ apenas RG legível e emitido em menos de 10 anos.
Idioma: Espanhol
Moeda: Peso Argentino (porém a maioria dos estabelecimentos aceita Dólar Americano e o próprio Real Brasileiro)
Aeroportos: Aeroporto Internacional Ministro Pistarini (Ezeiza), o principal
Fuso Horário: + 3 horas em relação a Brasília
DDI: 0054 (Argentina); 11 (código de acesso de Buenos Aires)
Voltagem: 220 V
Clima: Moderado e úmido com uma temperatura média anual de 17°
População: Cerca de 14 milhões de habitantes